Assista a benção especial Urbi et Orbi transmitida ao vivo do Vaticano

O Papa anunciou que nesta sexta-feira 27/03/2020, às 14:00, horário de Brasília, da Praça São Pedro, completamente vazia, fará a exposição do SS. Sacramento que será transmitida para todo o mundo a fará bênção “Urbi et Orbi”, à qual será anexada a possibilidade de receber indulgência plenária.

Clique aqui para assistir ao vivo:

Esta bênção vem acompanhada de Indulgência Plenária para aqueles que assistirem e estiverem preparados.

O que é indulgência?

A indulgência é a remissão, diante de Deus, da pena temporal devida pelos pecados cuja culpa já foi apagada; remissão que o fiel devidamente disposto obtém em certas e determinadas condições pela ação da Igreja que, enquanto dispensadora da Redenção, distribui e aplica, por sua autoridade, o tesouro das satisfações de Cristo e dos Santos (cfr. Catecismo da Igreja Católica, n. 1471).

Ou seja, quando nós cometemos um pecado mortal, somos acometidos pela culpa e pela pena. A culpa nos impede de entrar no céu e só pode ser apagado com a confissão sacramental. A pena é a compensação que temos que pagar por ter ofendido a Deus. Essa compensação é apagada através das nossas boas obras, orações, penitências e indulgências que recebemos.

Quando uma pessoa morre após confessar e não teve tempo de fazer boas obras suficientes para pagar totalmente a pena devida, essa pessoa está salva mas não pode ir diretamente para o céu, portanto é encaminhada para o purgatório para purificação e pagamento das penas devidas.

 

Ajude a manter nosso apostolado. Clique aqui para visitar nossa Loja Virtual

 

2. Qual é a diferença entre indulgência parcial ou plenária?

A indulgência pode ser parcial ou plenária, conforme liberar parcial ou totalmente a pena devida pelos pecados. Todos os fiéis podem adquirir indulgências para si mesmos ou aplicá-las aos defuntos.

Veja os requisitos para receber a indulgência plenária:

a) confissão sacramental – cada confissão vale para as indulgências obtidas até uns 15 dias antes e para as que serão obtidas até uns 15 dias depois de recebido o sacramento;
b) Comunhão eucarística – é necessária uma comunhão para cada indulgência; – Para essa ocasião houve liberação da penitenciaria do Vaticano. Pode ser feita uma comunhão espiritual.
c) oração nas intenções do Sumo Pontífice;
d) exclusão de qualquer apego ao pecado, mesmo venial.