fbpx

Bispo alemão adverte que a Igreja Católica na Alemanha pode acabar sendo protestante

Formações, análises e notícias católicas

Bispo alemão adverte que a Igreja Católica na Alemanha pode acabar sendo protestante

O bispo de Regensburg, Mons. Rudolf Voderholzer, advertiu que o caminho sinodal assumido pela Igreja Católica na Alemanha pode acabar tornando-o protestante

“Existem questões que não podem ser discutidas.”

(Die Tagespot / InfoCatólica) O Bispo de Regensburg refletiu sobre a tendência tomada pela Igreja na Alemanha durante sua homilia na Abadia de Rohr, na Baixa Baviera, o dia da Assunção da Virgem.

Os temas que foram propostos para a agenda do caminho sinodal, recorda o Bispo Voderholzer, são a “liberalização da moral sexual, o reconhecimento das uniões homossexuais, a sinodalização da liderança da igreja”, o que implica uma aproximação do Igreja às comunidades eclesiais protestantes, que atualmente debatem se devem ou não manter a obrigação de ir aos cultos dominicais e dizer adeus ao evangelho.

Leia também: Veja o que cardeais, bispos e teólogos importantes estão falando sobre o Sínodo da Amazônia

Segundo o bispo, há questões sobre as quais, como comunidade cristã “invocando o Novo Testamento”, não é possível discutir “abertamente”.

Por infocatolica.com