Bispo permite que padres entreguem Eucaristia para que fiéis levem e comunguem em suas casas

“O pároco pode dar-lhe a sagrada Eucaristia para que, levada com o maior respeito, os de sua casa possam receber a comunhão, assim como já foi feito em tempos de guerra”

Dom Demetrio Fernández diz na sua carta de domingo que “as paróquias ainda são ‘abertas’, com todas as restrições de um estado de alarme”, e os padres estão “disponíveis para servir o povo Deus”. Também pede aos fiéis que cuidem especialmente dos idosos e estejam próximos dos parentes dos que morrem.

Agências ) O Bispo de Córdoba, Demetrio Fernández, diante da crise de saúde causada pelo coronavírus, determinou que “as missas sejam suspensas” e pediu que “a grande maioria dos fiéis façam comunhão espiritual quando assistirem a missa pela televisão”, embora “se algum familiar sair para fazer compras ou passar pela paróquia, o pároco pode dar-lhe a sagrada Eucaristia para que, levada com o maior respeito, os de sua casa possam receber a comunhão, assim como já foi feito em tempos de guerra”.

Isso foi anunciado por Demetrio Fernández em sua carta semanal, recolhida pela Europa Press, na qual ele também comunicou que “a confissão e o perdão que advém desse sacramento também estão suspensos”, lembrando o bispo que “o Papa Francisco nos convidou para o ato de contrição perfeita pelo qual pedimos perdão por nossos pecados, e Deus nos perdoa naquele momento, com o objetivo de confessar o quanto antes”.

Além disso, como ele apontou, “ao mesmo tempo, oferecendo a Deus as limitações dessa situação, do trabalho e de todos os sofrimentos, traz-nos indulgência plenária para nós e para os defuntos. Nesses momentos de tribulação, a Igreja abre amplamente os tesouros de sua graça para vir em nosso auxílio.

De fato, segundo Demetrio Fernández, “as paróquias ainda estão ‘abertas’, com todas as restrições de um estado de alarme”, e os padres estão “disponíveis para servir o povo de Deus”, observando que “dentro neste serviço, vamos cuidar especialmente dos idosos, cuja vida é preciosa e sob nenhuma circunstância devemos descartar, sendo também necessário estar próximo de pessoas que sofrem a perda de um ente querido”.

 

Ajude a manter nosso apostolado. Clique aqui para visitar nossa Loja Virtual

 

Por fim, Demetrio Fernández, que elogiou a “grande capacidade de entrega, sob risco de sua própria vida”, demonstrada por profissionais de saúde e outros grupos profissionais no momento, destacou que agora também é uma ocasião propícia “para desmonstrar generosidade do bolso”, sendo que muitos de nossos irmãos e concidadãos não têm nada para comer e nem podem pedir por isso.