Deseja se consagrar à Nossa Senhora? Nós te ajudamos!

COMO PREPARAR-SE ESPIRITUALMENTE PARA O PARTO

COMO PREPARAR-SE ESPIRITUALMENTE PARA O PARTO

COMO PREPARAR-SE ESPIRITUALMENTE PARA O PARTO

Muito se fala em preparação da musculatura do períneo, fisioterapia / ginástica pélvica, pompoarismo, caminhada, cuidados com a alimentação, mas vejo pouquíssimas pessoas falando e menos ainda escrevendo sobre como preparar-se espiritualmente para o parto.

O parto não é apenas fisiológico, ele envolve a mulher por completo: quem ela é, o que e a quem ela ama, o que ela pensa, como é e está a sua alma.

É um momento tão único e tão importante para a vocação da mulher – a maternidade… E o que se pode fazer para chegar a este momento tendo se preparado para ele com zelo e carinho? Eis algumas dicas práticas:

DURANTE TODA A GESTAÇÃO, AGRADEÇA A DEUS PELO DOM DA VIDA. São duas almas que a mulher carrega por pura bondade e generosidade de Deus. Mesmo que esta gestação tenha vindo num momento difícil, procure enxergá-la como uma oportunidade que Deus mesmo concedeu para o crescimento no amor para com o outro, um filho, que deve ser amado e cuidado, uma alma que você, mãe, deve zelar e prestar contas a Deus.

Uma das práticas que a mãe pode adotar já na gestação é PEDIR QUE DEUS FORTALEÇA O ANJO DA GUARDA DE SEU BEBÊ e conversar sempre com ele, pedindo que proteja o bebê na gestação, parto e durante toda a sua vida, comunicando-lhe quando o filho precisar de suas orações.

MANTENHA-SE APEGADA A NOSSA SENHORA, MÃE DE DEUS E NOSSA, para que esteja sempre ao seu lado e mostre como uma mãe de acordo com o coração de Deus deve agir. Ela será nosso modelo para o resto de nossas vidas: Mãe que amou, chorou, sofreu, se alegrou, silenciou, obedeceu, cuidou…

Mais para o final da gestação, PEÇA A UM SACERDOTE / DIÁCONO QUE LHE DÊ A BÊNÇÃO PARA O PARTO. Esta bênção consta no Ritual de Bênçãos (números 215-231) e, recebendo esta, não se faz necessário receber o Sacramento da Unção dos Enfermos. Esta bênção é “pela saúde da criança, que há de nascer” e para “que a mãe dê à luz tranquilamente.” (nº 228).

CONHEÇA E TENHA DEVOÇÕES ESPECIALMENTE PARA VOCÊ, PARTURIENTE: a Nossa Senhora do Bom Parto, Nossa Senhora da Expectação, São Raimundo Nonato (padroeiro das gestantes e parteiras). Você pode ler as histórias delas, rezar diariamente suas orações. Isto é de uma beleza e riqueza ímpar!

Ao longo da gestação mas, especialmente perto do parto, RECOMENDE A SUA ALMA E A DA CRIANÇA A DEUS, FAÇA UM BOM EXAME DE CONSCIÊNCIA E BUSQUE O SACRAMENTO DA PENITÊNCIA / CONFISSÃO / MISERICÓRDIA. Isso traz mais calma e tranquilidade e afasta aquela ansiedade comum no final da gestação.

Por fim, FREQUENTE OS SACRAMENTOS, FAÇA SUAS ORAÇÕES, PREPARE SUA ALMA para este momento tão lindo e tão importante na vida materna.

“Todo nascimento requer uma submissão e uma disciplina. A própria terra deve passar por agonias antes de aceitar passivamente a semente. Na mulher, a submissão não é passiva: é sacrificial, conscientemente criativa e, por este altruísmo, toda a sua natureza foi formada. É bem sabido que as mulheres são capazes de sacrifícios muito maiores que os homens; um homem pode ser um herói em uma crise e depois voltar à mediocridade. Ele não tem a resistência moral, que permite que uma mulher seja heróica ao longo dos anos, meses, dias e até mesmo segundos de sua vida, quando a monotonia repetitiva de suas tarefas desgasta o espírito. Não apenas os dias de uma mulher, mas também suas noites – não apenas sua mente, mas seu corpo deve compartilhar o Calvário da maternidade. É por isso que as mulheres têm uma compreensão mais segura da doutrina da redenção do que os homens: elas passaram a associar o risco de morte à vida no parto e a compreender o sacrifício de si para outro ao longo dos muitos meses anteriores ao nascimento da criança.”

- Continua após a publicidade -

 

(Venerável Fulton John Sheen, Way to Happiness, New York: Garden City Books, 1949. Cap. 25 – Motherhood – p. 87 – Trad. Cleiton Robsonn).

Por Camila Do Nascimento | Foto: Débora Soares