fbpx

Esclarecimentos sobre a Consagração à Nossa Senhora

Formações, análises e notícias católicas

Esclarecimentos sobre a Consagração à Nossa Senhora

Atualmente a Total Consagração à Nossa Senhora se popularizou muito, e diversas vezes encontramos informações erradas ou interpretações que divergem daquilo que é a essência dessa devoção tão importante e necessária…

Neste hangout, o Padre Rodrigo Maria e Kevin Eger Maria, trazem grandes esclarecimentos sobre temas que são constantemente mal interpretados sobre a consagração, o que se torna muitas vezes motivo de afastamento das pessoas trazendo mais confusão a respeito deste importante meio de santificação.

Leia Também: Os erros mais comuns sobre a Total Consagração à Santíssima Virgem

AJUDE A SALVAR ALMAS!
DOE SEUS MÉRITOS A NOSSA SENHORA, SEJA UM ESCRAVO POR AMOR!!!

Aos combatentes que dedicam a vida lutando para estabelecer no mundo o reinado de Nosso Senhor Jesus Cristo, sob o comando da Soberana Senhora.

Caríssimos,

A celebração dos 300 anos do Tratado da Verdadeira Devoção à Santíssima Virgem se nos apresenta como ocasião e meio privilegiado para cumprirmos a missão de estender no mundo o reinado de Jesus Cristo por meio da propagação da Consagração Total à Nossa Senhora.

Antes de continuar a leitura, assista ao Vídeo do Padre Rodrigo Maria:

A profecia deve se cumprir… E para que assim seja, devemos dar tudo o que há de melhor em nós. Nossa vida não deve ser preciosa aos nossos olhos, não devemos nos poupar, devemos gastar minuto após minuto, os nossos esforços, suores e lágrimas, para levar todos quantos forem possíveis ao refúgio do Imaculado Coração de Nossa Mãe Santíssima.

O grande desejo do coração de Jesus é salvar o seu povo; para isso Ele veio ao mundo; por isso ele sofreu na cruz; para isso Ele instituiu os sacramentos e fundou a Santa Igreja.

A Total Consagração à Santíssima Virgem leva não apenas à santificação daqueles que a fazem e se esforçam de vivenciá-la, mas beneficia a muitos outros que são salvos graças aos méritos daqueles que, por meio da Santa Escravidão de Amor, doaram o seu tesouro espiritual à Santíssima Virgem, ou seja, os méritos de suas boas obras.

Leia também: A necessidade e a urgência da propagação da Total Consagração a Santíssima Virgem

- Continua após a publicidade -

 

Em 1917 em Fátima, Nossa Senhora disse aos pastorinhos, após mostrar-lhes o inferno e as numerosas almas que aí caiam: “Muitos se perdem porque não há quem reze e se sacrifique por eles”, ou seja, -embora os que se condenam o fazem pela sua própria culpa- esses não se condenariam se houvesse quem rezasse e se sacrificasse por eles. Se houvesse quem se importasse com eles, oferecendo orações e sacrifícios pela sua conversão; quem gastasse o seu tempo para ensinar-lhes o caminho de santidade e de salvação, eles não se condenariam.

Todos os dias (ou momentos) Nossa Senhora – que é o “banco” de Deus – recolhe os méritos das orações, boas obras e sacrifícios que lhe são oferecidos pelos seus filhos e escravos de amor e com esses méritos resgata almas que iriam se perder, adquirindo-lhe as graças necessárias para a sua conversão e o arrependimento ainda antes de morrerem. Mas, se Ela própria nos diz que muitas almas estão se perdendo é porque têm faltado doadores de méritos.

Foi por isso que nesta mesma mensagem de Fátima ela acrescentou: “Para salvar as almas dos pobres pecadores, Meu Filho quer estabelecer no mundo a Devoção ao meu Imaculado Coração”, pois a Total Consagração ao Imaculado Coração de Maria ou Santa Escravidão de Amor nos transforma em “doadores de méritos” para a Santíssima Virgem. Assim sendo, não há melhor maneira de se santificar e ajudar a salvar muitas outras pessoas do que fazendo e propagando por toda parte a Total Consagração à Santíssima Virgem.

Foi por isso que o demônio escondeu o Tratado da Verdadeira Devoção por 130 anos (T.V.D.114), pois Ele bem sabia que por meio desta consagração perderia muitas almas, seu reino seria destruído e sua cabeça esmagada.

Como dizia o grande papa João Paulo II, referindo-se à Consagração à Nossa Senhora: “Esse tesouro não pode ficar escondido”. Façamos o contrário daquilo que o demônio fez: tornemos conhecida a Consagração que ele esforçou-se para esconder por 130 anos.

Jesus quer que se estabeleça no mundo a Verdadeira Devoção à sua Mãe Santíssima para santificação e salvação do seu povo, pois a profecia diz que a Mulher e sua descendência irão esmagar a cabeça da serpente (Gen. 3,15), uma vez que a Mulher, por ordem e vontade de Deus, ensinará seus filhos a rejeitarem as obras das trevas e a obedecer os mandamentos de Deus (Ap. 12,17).

É tempo de combate, e a luta é cada vez mais intensa. Há pessoas se perdendo, almas se condenando… Não podemos ser indiferentes a essa realidade, pois apesar de nossa insignificância, tornamo-nos “ânsia de almas que esperam”.

Por isso nos empenhemos na campanha da difusão da Total Consagração à Nossa Senhora e gritemos ao mundo inteiro: “Ajudem a Salvar almas! Doem seus méritos à Nossa Senhora… Seja um escravo por amor!!!”

Nossa determinação e zelo em fazer o que Jesus mandou selará o destino de muitas pessoas. Certamente, o que “fizermos nesta vida ecoará na eternidade”.

Leia também: Em defesa da Santa Escravidão de Amor – Resposta a um seminarista que falava contra a Total Consagração à Santíssima Virgem

Quanto vale uma alma?… O que você daria para salvar alguém?…

Trabalhemos, pois o tempo está muito abreviado. Aproveitemos as graças proporcionadas neste jubileu dos 300 anos do Tratado, tornemo-nos apóstolos da Total Consagração, para Glória de Deus e salvação das almas. Coloquemos o nosso tempo, nossos bens, nossos dons e nossa vida à disposição de Nossa Senhora e Ela mesma fará o resto.

Peçamos a Deus que aumente e purifique em nós o dom da caridade, pois só quem tem um amor autêntico é capaz de se sacrificar pelos outros.

Combatamos na oração e na entrega. Sejamos prontos, pois tempo vale almas!

Templário de Maria