fbpx

Pais, não podemos esperar que nossos filhos se tornem homens se não lhes ensinarmos como

Formações, análises e notícias católicas

Pais, não podemos esperar que nossos filhos se tornem homens se não lhes ensinarmos como

Pais, não podemos esperar que nossos filhos se tornem homens de verdade se não lhes ensinarmos como!

Assista ao vídeo antes de a leitura:

Leia o artigo publicado por Matt Walsh:

Confesso que normalmente não acompanho as campanhas de marketing das empresas de maquiagem, mas algumas das mais recentes foram difíceis de perder. Primeiro, foi anunciado que a nova Cover Girl seria uma pessoa chamada James Charles, que de fato não é uma garota. Sentindo-se de fora, Maybelline  respondeu  nomeando Manny Gutierrez como seu embaixador da marca. Também não é uma garota. O país se prepara para o dia em que Tampax se junta à briga

Deve ser esclarecido – porque este é o tipo de coisa que precisa ser esclarecida ultimamente – que James e Manny não se identificam como mulheres. Não há risco de serem nomeadas mulheres do ano como Glamour Magazine fez para Bruce Jenner. Mas eles e as empresas que eles representam cooptaram a feminilidade de uma forma muito semelhante, transformando-a em um tipo de máscara grotesca, algo que pode ser usado quando o clima é afetado e removido com a mesma rapidez.

O anúncio de Maybelline vem logo após a infame reportagem de capa da National Geographic sobre o jovem rapaz abusado que “desistiu de fingir ser um menino” para poder assumir sua “verdadeira identidade” quando menina. Seus pais decidiram desfilá-lo como um espetáculo de espetáculos circenses, garantindo que a crise psicológica do seu pobre filho seja testemunhada por uma multidão grande e de aprovação. E isso tudo aconteceu nas últimas semanas. O ataque à ciência, à razão, à masculinidade e à feminilidade continua ganhando força.

(James Charles/Maquiagem)

Enquanto eu assisto a tudo isso, um ponto especialmente vem à mente, óbvio que deveria ser: é por isso que os meninos precisam de pais.

Eu não conheço a história da vida de nossos amigos James e Manny. Soube que pelo menos um deles vem de uma família intacta, onde um pai estava presente e ativo em casa. Talvez esse seja realmente o caso. É certamente possível – embora improvável, eu pensaria – que um garoto possa ter o melhor pai do mundo e ainda se transformar em um modelo de maquiagem. As crianças têm um testamento e uma identidade própria, afinal, e há muito o que podemos fazer para moldá-lo.

Mas, de modo geral, o que estamos vendo acontecer em nossa cultura é, em grande parte, o resultado de pais que não fizeram muito no sentido de moldar seus filhos. Não acho que seja coincidência que, em um país onde lares desfeitos e sem pai sejam endêmicos, tantos jovens tenham misteriosamente descoberto sua mulher interior. Isto é o que acontece em uma sociedade perdida, não em um iluminado. E nós estamos perdidos principalmente porque nossas famílias estão perdidas, e nossas famílias estão perdidas muitas vezes porque nossos homens não estão conduzindo-as bem – se estão mesmo liderando.

Aqui está o que qualquer pai decente de meio caminho sabe: os meninos devem ser ensinados a se tornarem homens de verdade, assim como as meninas devem ser ensinadas a se tornarem mulheres de verdade. Sem quaisquer distrações ou influências nefastas, talvez os meninos se tornassem homens e meninas bem ajustados em mulheres bem ajustadas, puramente pela força da natureza. Mas nosso ambiente não permite mais isso. Vivemos em uma cultura com a intenção de subverter e perverter nossa natureza. Sim, os meninos são naturalmente inclinados para o masculino e as meninas para o feminino, mas muitas forças poderosas estão trabalhando para usurpar o processo e semear confusão nas mentes de nossos filhos. Essas campanhas de marketing e capas de revistas “transgênero” são exemplos – e resultados – de seus esforços.

- Continua após a publicidade -

 

Portanto, um dos nossos principais deveres como pais deve ser mostrar aos nossos filhos o que a verdadeira masculinidade parece e age. Estou muito ciente dessa responsabilidade em relação aos meus próprios filhos. Eu penso constantemente em quão rapidamente eles podem sair do curso à medida que envelhecem, se eu não levar a sério este aspecto do meu dever paternal. Não é suficiente simplesmente dizer-lhes que devem ser homens. Eu tenho que fornecer para eles uma demonstração diária, de hora em hora, minuto a minuto. “Isto é o que um homem é. Isto é o que ele faz. É assim que ele se comporta. É assim que ele se comporta. É assim que ele se veste. É assim que ele fala.” Meus filhos aprenderão essas lições com alguém , de uma forma ou de outra. Isso é certo. Então, se não for eu, quem será?

Bem, sabemos que a mídia está mais do que disposta a intervir em meu nome, muito generosamente eu poderia acrescentar, junto com a academia, Hollywood, seus pares e o governo. Vimos o que acontece quando essas entidades podem ser substitutas dos nossos filhos. De fato, muito do que agora chamamos de “transgenerismo” e “não-conformidade de gênero” e qualquer outra coisa pode ser explicada de maneira muito simples: papai não fez o seu trabalho.

Como eu disse, tenho certeza de que isso não se aplica em todos os casos, mas geralmente acontece. E isso certamente se aplica nos casos extremos em que meninos muito jovens estão abertamente “vivendo como meninas”. Isso só pode acontecer se os pais permitirem que isso aconteça. Nenhuma criança na Terra escolhe seu próprio estilo de vida. Tampouco qualquer criança entende o que significa ser seu próprio gênero, muito menos o que significa ser diferente.

Um menino não pode vir a “identificar-se como uma menina” porque ele realmente não sabe o que é uma garota ou o que ele é. Ele não entende nada sobre o gênero que ele está assumindo ou o que ele está rejeitando. Se ele se entendesse e se amasse, não se rejeitaria. Se ele está se rejeitando, isso provavelmente significa que ele não foi ensinado a amar ou entender a si mesmo. Um verdadeiro apreço por sua própria natureza masculina não foi instilado. E qualquer apreço que ele possuísse naturalmente não era protegido e sustentado.

Nós não esperamos que nossos meninos aprendam a ler ou fazer aritmética ou jogar beisebol sem qualquer tipo de instrução. Por que, então, esperamos que eles aprendam a ser homens inteiramente por conta própria, especialmente em uma sociedade que está decidida a interferir no processo? Como já vimos um milhão de vezes, se um menino é deixado para aprender sobre a masculinidade sozinho nas florestas da sociedade moderna, ele chegará à conclusão de que a masculinidade é tóxica ou inexistente. Ele determinará que a melhor coisa que um homem pode fazer é rejeitar o que é único para os homens e começar a imitar o estilo, os maneirismos e o comportamento das mulheres. Ele aprenderá, em outras palavras, que o melhor tipo de homem é uma mulher. Ele absorverá esta lição mesmo quando as meninas aprenderem que o melhor tipo de mulher é um homem.

Como pais individuais, não podemos salvar toda uma geração de crianças sozinhas. Mas esperamos poder salvar o nosso. É nossa obrigação tentar, de qualquer maneira, o que é mais do que alguns de nós fizeram até agora.

 Matt Walsh | Tradução: Equipe Templário de Maria