fbpx

POR QUE CELEBRAR FINADOS?

Formações, análises e notícias católicas

POR QUE CELEBRAR FINADOS?

Por Padre Gabriel Vila Verde

O dia de finados está chegando. Para quem não sabe, é um dia instituído pela IGREJA, não para se recordar dos mortos, ou simplesmente fazer homenagens, mas para REZAR por eles. Finados só tem sentido quando se reza pelas almas.

Nós cremos com firme fé, que as almas que morrem na graça de Deus, mas que não foram totalmente santas aqui na terra, não entram diretamente no Céu, mas antes são purificadas pelo fogo da misericórdia divina, o qual recebe da Igreja o nome de “Purgatório”. As nossas orações, principalmente a Missa, aliviam os sofrimentos dessas almas e apressam a entrada delas no Paraíso.

O Purgatório não é uma terceira morada. Só existem dois destinos para a alma: Céu ou Inferno. O Purgatório é um ato da extraordinária misericórdia de Deus, que não permite que a alma entre no Céu com nenhuma mancha de pecado, mas também não a condena por causa de leves faltas. O Purgatório é a sala de espera do Paraíso.

Nossa Senhora revelou em suas aparições que muitas almas vão para o Inferno, a grande maioria vai ao Purgatório, e pouquíssimas entram diretamente no Céu. As videntes de Kibeho (África) afirmaram que, quando Nossa Senhora mostrou-lhes o Purgatório, elas pensaram que estavam vendo o Inferno. Quando viram realmente o Inferno, disseram que o Purgatório era o Céu.

Consta-se que, uma família daqui do Brasil, que antes era católica, migrou para uma dessas seitas ditas “cristãs”. Quando um membro da família morreu, o mesmo veio em sonho pedir a sua esposa que mandasse celebrar por ele uma Missa. Quando a esposa perguntou, no sonho, como ele estava, respondeu: “sem Deus e sem luz”.

Leia também: Como lucrar a Indulgência Plenária para o Dia de Finados

Eis o porquê da Celebração de Finados. Não é apenas recordação ou homenagem. É um ato de caridade para com os falecidos. Nós não cremos que os mortos estão dormindo, até porque almas não dormem. O livro do Apocalipse está aí para provar. Rezemos pelas almas. Elas precisam de nossas orações!