fbpx

Primeira catedral indígena será construída na Amazônia

Formações, análises e notícias católicas

Primeira catedral indígena será construída na Amazônia

A previsão é que até 2022 o Brasil tenha uma “Catedral Indígena Yanomami” no coração da floresta amazônica.

Segundo a Gazeta do Povo a confirmação oficial veio da Igreja Católica, que há poucos dias recebeu a aprovação do Papa Francisco para iniciar a construção.

A estimativa inicial é que o projeto fique em 800 mil reais, e metade do valor já foi repassado às autoridades brasileiras pelo Vaticano.

O templo deverá ser batizado de Igreja Matriz Nossa Senhora de Lourdes, em razão da forte devoção dos índios à Santíssima Virgem.

Sua localização será no extremo noroeste do país, no território da maior terra indígena do Brasil – a Yanomami, aos pés do Pico da Neblina e a 13 horas distante de São Gabriel da Cachoeira, no estado do Amazonas, que é a cidade mais próxima na região da fronteira entre Brasil-Colômbia-Venezuela.

Pico da Neblina, lugar sagrado para os povos Yanomami, também inspirou o projeto da Catedral Indígena. Foto: Tobias Bonk Machado/Arquivo pessoal

A ideia de ter uma “catedral” indígena partiu das próprias tribos em 2016, quando procuraram o núncio apostólico no Brasil, manifestando interesse de mais de dois mil índios.

“Eles nos disseram que gostariam de ter uma igreja próxima, que identificasse a presença de Deus na comunidade”

Padre Thiago Faccini

Com o sinal verde do papa, a CNBB repassou o desafio aos arquitetos Teresa Cristina Cavaco Gomes e Tobias Bonk Machado, da Creatos Arquitetura, escritório de Curitiba que é referência nacional em arquitetura religiosa e arte sacra.

“Desde o início nos preocupamos em desenvolver um projeto inculturado. Em nenhum momento se quer mudar a maneira como eles se relacionam, como enxergam o mundo e a si próprios. Será uma fusão da cultura deles com o cristianismo. Nunca haverá uma substituição, mas sim haverá o respeito entre as duas crenças. A arquitetura acompanhará isso. Será ao jeito deles, moldando-se à comunidade” disse Tobias Bonk Machado.

O projeto arquitetônico da “Catedral Indígena Yanomami” será apresentado oficialmente durante o 12º Encontro Nacional de Arquitetura e Arte Sacra que acontecerá em Castanhal, no Pará, entre os dias 17 e 21 de setembro de 2019.