Santo do Dia – 18 de Abril – São Galdino

SANTO DO DIA – 18 DE ABRIL – SÃO GALDINO
Bispo de Milão (1100-1176)

Com santo Ambrósio e são Carlos Barromeu, o santo deste dia ocupa na sede milanesa em lugar de grande relevo. Chanceler e arcediago da diocese no período mais crucial da luta entre as comunidades do norte da Itália e o imperador Frederico Barbarroxa, Galdino, junto com seu bispo Oberto de Pirovano, teve de se subtrair à vingança de Barbarroxa, que arrasou a cidade de Milão. E uma vez que o papa Alexandre III tinha-se alinhado com as comunidades em luta, o imperador germânico lhe contrapôs sucessivamente três antipapas: Vítor IV, Pascoal III e Calisto III.

Em 1165, o papa Alexandre convocou Galdino a Roma e o nomeou cardeal; depois da morte de Oberto de Pirovano, ele o nomeou arcebispo de Milão, que pela primeira vez na sua história teve um bispo cardeal. O novo arcebispo pôde voltar a Milão em 5 de setembro de 1167. De acordo com as diretrizes do papa, concedeu pleno apoio à liga lombarda, que se havia constituído com o juramento de Pontida, e favoreceu a fundação da cidade de Alexandria, assim chamada em honra do papa. A nova cidade tornou-se imediatamente centro de resistência a Barbarroxa.

Em Milão, Galdino depôs os bispos lombardos que tinham aderido ao antipapa e acima de tudo se empenhou na reconstrução material e espiritual da cidade, com olhar particular aos pobres, instituindo o que será chamado por eles de “o pão de são Galdino”, uma espécie de cozinha móvel para saciar a fome dos indigentes e uma associação de mútuo socorro para tirar da prisão os que tinham sido encarcerados por dívida. Além da caridade para com os pobres, a são Galdino deve ser atribuído o mérito de ter lutado pela integridade da doutrina cristã contra as nascentes heresias cátaras.

Morreu depois de haver terminado seu discurso no púlpito, como conta seu biógrafo, o monge milanês Hilarião, testemunha ocular do fato: “Subiu ao púlpito e pronunciou um belíssimo discurso contra os cátaros e seus sequazes. Depois que tinha terminado de falar na presença de muitas pessoas do clero e do povo, rendeu o espírito ao Senhor”.

Leia também
Santo do Dia – 17 de Abril – São Roberto de La-Chaise-Dieu
Santo do Dia – 19 de Abril – Santo Álfego