Terço dos Homens atrai mais de 80 mil fiéis em romaria ao Santuário de Aparecida

Mais de 80 mil devotos se reúniram neste sábado (15) no Santuário Nacional de Aparecida, no interior de São Paulo, para celebrar a 12ª edição da Romaria do Terço dos Homens. Essa é a maior peregrinação acolhida pela Basílica, com fiéis de todas as regiões do país.

Neste sábado (15), às 7h30, foi celebrada a primeira Missa Solene da Romaria, que aconteceu do lado externo da Basílica. O pátio do Santuário ficou lotado pela multidão de peregrinos.

Pela primeira vez, a Missa Solene Campal foi realizada na Tribuna Dom Aloísio Lorscheider, às 7h30, possibilitando aos homens mais espaço e segurança para que pudessem celebrar com alegria esse grande momento de oração e ação de graças.

A celebração foi presidida pelo Arcebispo de Aparecida, Dom Orlando Brandes, e concelebrada pelo Arcebispo de Juiz de Fora (MG) e Bispo referencial para o Terço dos Homens no Brasil, Dom Gil Antônio Moreira, o reitor do Santuário de Aparecida, padre Eduardo Catalfo e demais sacerdotes que vieram acompanhando os grupos de terço e se inscreveram para participar como concelebrantes nesta liturgia.

Esta, que é a maior romaria do Santuário Nacional, emociona não só pelos números, mas pela devoção e fé facilmente percebidas em cada um dos homens. Durante toda a celebração, o amor a Deus e Nossa Senhora é transparecido com os acenos dos lenços em azul e branco e a voz forte em cada prece e música da santa missa.

Durante a homilia, Dom Orlando pontuou vários exemplos dos benefícios da oração do Santo Terço e reforçou o convite aos homens, de viverem no dia a dia, a oração e a ação.

Terço dos homens é um sinal dos tempos. O Terço dos homens é um novo rosto da igreja do Brasil. O Terço dos Homens é uma rede que se está lançando para pescarmos cada vez mais pessoas para Jesus Cristo”, refletiu dom Orlando.

“O Terço na história de Aparecida é a oração dos milagres, onde nós obedecemos a Mãe que nos disse: “Fazei tudo o que Ele, vos disser!”.”

“Mãe querida, que nós sejamos o Terço que rezamos… O ‘Agora’ da Ave-maria nos compromete a ser aquilo que rezamos“, completou.

Um dos principais momentos da Romaria Nacional do Terço dos Homens é a Oração Solene do Santo Terço no Altar Central, às 13h45.

No interior da Basílica de Aparecida, os milhares de homens do terço apresentaram as suas intenções e rezaram o mistério luminoso, aos pés da Padroeira do Brasil.

Durante a oração, os testemunhos de homens que por meio do Terço, superaram grandes desafiosencontraram a fé e fortaleceram a caminhada no amor de Deus, pela intercessão de Nossa Senhora, como foi relatado no testemunho do Gabriel Antonio Lopes, da cidade de Pontal (SP), durante a oração no Altar Central.

Em 2011 eu sofri um acidente de moto grave, passei dois meses e quinze dias no hospital e infelizmente tive que amputar a perna. No decorrer da recuperação eu tive várias turbulências na minha vida, pois eu não aceitava a minha situação e foi no Terço dos homens, que eu encontrei a libertação, foi onde eu tive uma direção. Faz um ano e dois meses que estou no grupo de terço e lá estou encontrando um novo meio para viver. Para mim está sendo a salvação”, relatou.

Além dos adultos, muitas crianças marcaram presença na Romaria e participaram da Oração Solene do Terço. A cada dezena, os pequenos acompanhavam os representantes de alguns grupos, que foram escolhidos pela coordenação da Romaria Nacional do Terço, para motivarem a oração da Ave-Maria.

Um deles foi o Luca Barreto Tomé, de 10 anos, da cidade de Florianópolis (SC). Faz pouco tempo que ele participa do grupo de terço da sua comunidade, mas mesmo tão pequeno, já compreendeu a força desta oração: “A oração do terço pra mim é muito importante, porque como falaram nos depoimentos cura bastante pessoas e toda vez que eu rezo, peço pela minha família para que a gente possa ficar bem”, descreveu.

Milhares de homens do terço reuniram-se ao redor do altar da Mãe Aparecida para rezar, pelo 12º ano consecutivo, aos pés da Padroeira do Brasil.

A missa de abertura foi presidida pelo Arcebispo de Juiz de Fora (MG) e Bispo referencial para o Terço dos Homens no Brasil, Dom Gil Antônio Moreira e concelebrada pelo Arcebispo de Aparecida, Dom Orlando Brandes, o reitor do Santuário, Padre Eduardo Catalfo e diversos missionários redentoristas.

Padre Eduardo Catalfo acolheu os devotos e dirigiu palavras de incentivos aos homens do terço:

“É uma alegria receber vocês em Aparecida. A Romaria do Terço dos Homens se tornou a maior romaria acolhida pelo Santuário. Em 2019 foram quase 80 mil romeiros. Esta romaria não é grande apenas em números e sim na fé e no testemunho de oração. Viemos rezar e dirigir a Deus a nossa prece. Aparecida é a casa da Mãe, é a casa de vocês”, afirmou o reitor.

Palavras de Dom Gil aos homens do terço:

““O terço é a contemplação do rosto de Jesus, da vida de Jesus, dos mistérios e das palavras de Jesus”.”

Como os homens do terço podem ser missionários?

Segundo Dom Gil, meditar o os mistérios do terço, em sintonia com a Palavra de Jesus e com devoção a Nossa Senhora, é um passo para ser missionário nos dias de hoje.

Perseverando no grupo. Levando o amor de Jesus para sua casa, convidando outros homens para fazer parte do grupo do Terço dos Homens. Somos missionários do terçopropagadores de Jesus”completou Dom Gil.

O Arcebispo ressaltou que, mesmo meditando o Terço em silêncio, é possível comunicar Jesus aos outros, a exemplo de Maria.

“Rezando o terço aprendemos a confiar em Deus. Maria confiava em Deus. Durante toda sua vida. No alto do calvário, momento mais difícil da vida de Maria, vendo seu Filho morrer na cruz, Ela não perdeu a confiança em Deus. Confiou até o fim e, por isso, pôde ver se Filho Ressuscitado”.

Dom Gil trouxe aos homens da romaria palavras de incentivo para continuem firmes em oração e testemunho dos benefícios do Terço para as famílias:

“O Terço nos desperta para a confiança em Deus. Nunca perca a confiança em Deus! O meu coração confia em Jesus! A confiança de Maria é a confiança que aprendemos na escola Dela, que é a oração do Terço, finalizou.

Dom Gil expressou ainda sua alegria pelo convite do Frei Hans Stapel, fundador da Fazenda Esperança, em Guaratinguetá (SP), associação internacional de fiéis que atua na recuperação de dependentes químicos e vítimas do alcoolismo, para inaugurar um Grupo do Terço dos Homens. “Este foi mais um grupo do terço, Terço dos Homens da Esperança”, afirmou.

Após a santa missa, os homens do terço seguiram em procissão luminosa pela Passarela da Fé até a Basílica Velha, onde permaneceram em Adoração ao Santíssimo Sacramento e Vigília de Oração.

Além das atividades religiosas, neste ano, os participantes da peregrinação são convidados a participarem do gesto concreto da romaria, com a doação de alimentos não perecíveis. A ação vai beneficiar 15 obras sociais que recebem auxílio da Arquidiocese de Aparecida.

A programação neste sábado seguiu até as 19h, com uma procissão luminosa que vai percorrer os pátios da Basílica, com saída da Tribuna Papa Bento XVI em direção à Tribuna Dom Aloísio Lorscheider. No domingo (16), a programação chegou ao fim com a missa de encerramento, celebrada às 8h.

Com informações de A12 e G1