PADRE RECORDA O PERENE ENSINAMENTO DA IGREJA: QUEM ENTRA NA MAÇONARIA, COLOCA-SE NO CAMINHO DE CONDENAÇÃO

Formações, análises e notícias católicas

PADRE RECORDA O PERENE ENSINAMENTO DA IGREJA: QUEM ENTRA NA MAÇONARIA, COLOCA-SE NO CAMINHO DE CONDENAÇÃO

PADRE RECORDA O PERENE ENSINAMENTO DA IGREJA: QUEM ENTRA NA MAÇONARIA, COLOCA-SE NO CAMINHO DE CONDENAÇÃO

Mais uma vez por causa da omissão de padres e bispos, um grande número de homens bons acabam inscrevendo-se na maçonaria, atraídos pela projeção social, vantagens ou menos fins filantrópicos.

A grande maioria daquele que ingressam nessa organização secreta, desconhecem a incompatibilidade entre a filosofia dessa instituição e a doutrina cristã.

A Igreja, desde o surgimento da seita maçônica, sempre alertou os fiéis a respeito da impossibilidade de um católico entrar na maçonaria sem que perca a comunhão com Deus e com a Igreja.

O Papa Leão XIII escreveu uma encíclica a respeito da maçonaria onde denuncia e condena os desvios de sua doutrina, uma vez que sempre se esforçou para arregimentar seus pares entres os católicos desavisados.

A maçonaria sempre foi o maior inimigo externo da Igreja. Sempre atuou para travar a ação da Igreja no mundo e também para implodi-la por dentro, infiltrando nela muitos de seus membros ou corrompendo outros dentro da Igreja, que ainda que não se filiem a seita secreta, estão debaixo de seu comando.

Antes de continuar a leitura, clique abaixo para assistir ao vídeo:

Pelo fato de o Código de Direito Canônico de 1983 não tratar especificamente da excomunhão dos que entram na maçonaria, alguns começaram a pensar e/ou a difundir falsamente que estava liberado o ingresso na dita agremiação. Foi preciso que a Congregação para doutrina da fé lançasse um documento em dezembro de 1983 explicando que a disciplina da Igreja não havia mudado e que os católicos que ingressassem na maçonaria estariam em estado de pecado mortal e não poderiam ser receber a Sagrada Eucaristia. E mais…NÃO caberia aos padres ou bispos mudarem essa disciplina…

Entretanto a prática é muito diversa… vemos em muitas de nossas paróquias e dioceses a maçonaria infiltrada até a medula das Igreja particulares ou locais. Maçons que são líderes de movimentos, chefes de pastorais, ministros extraordinários da comunhão, membros de conselhos paroquiais e administrativos, etc…muito raramente se houve dizer que um sacerdote ou bispo instruiu os seus fiéis a respeito do perigo que a maçonaria representa para nossa fé e consequentemente para a salvação daqueles que a ela aderem. Muitos nada falam porque pensam igual aos maçons, outros porque recebem ajudas vultuosas dessa associação secreta, outros porque pertencem mesmo a maçonaria ou atuam debaixo de suas ordens.

Leia também: O PLANO MAÇÔNICO PARA A DESTRUIÇÃO DA IGREJA CATÓLICA

Entretanto é necessário que os fiéis conheçam e vivam a verdade da doutrina em sua inteireza e não se deixem enganar pelo relativismo reinante, antes aprendam bem a doutrina e deem um verdadeiro testemunho de sua fé.

Aderir a maçonaria continua sendo um pecado gravíssimo. Assim como gravíssima é a omissão dos bispos e padres que não instruem seus fieis a respeito desse tema.

- Continua após a publicidade -

 

Fica um alerta a todos os cristão para que não ingressem na seita maçônica. Especialmente as mães e esposas estejam atentas para orientar seus filhos e esposos a não se inscreverem nesta associação.

Rezemos também para que a Santíssima Virgem, São José e São Miguel Arcanjo desterrem de dentro da Igreja de Cristo toda a tropa de padres , bispos e cardeais maçons ou submissos a maçonaria que nela estão infiltrados para incutir o relativismo, confundir os católicos combatendo a doutrina perene e favorecendo tudo e todos que fomentam a revolução.

Templário de Maria